Ontem jornalistas da Globo comemoram sua vitória: terem eleito um ex-presidiário que roubou o nosso país. Arraste para o lado e veja o vídeo da redação da Globo.

E pensar que, quando eu escolhi fazer jornalismo e trabalhar na maior emissora do país, era por acreditar que esse seria o melhor caminho para dar voz e liberdade ao povo.

Ledo engano!

O meu sonho era entrar na Globo. E, para isso, tive de enfrentar todos aqueles que me disseram que eu nunca conseguiria.

Fui contratada aos 20 anos de idade, após ter eliminado 18.226 candidatos, após ter batalhado anos sozinha em SP para realizar esse sonho  de infância.

Não sai de lá por que fui mandada embora, por incompetência, ou qualquer coisa parecida. Eu que saí de lá por não querer negociar os meus valores. Por não querer me submeter a essa ideologia.

Ah, se vocês soubessem o que acontece no submundo da televisão…

Se prepare, pois as informações serão cada dia mais manipuladas, os fatos cada vez mais escondidos. 

Estamos vivendo a era da DESINFORMAÇÃO e a nossa maior arma é DUVIDAR DE TUDO que a grande mídia pública.

Não existe e nunca existiu imparcialidade jornalística na Globo. Principalmente nos últimos anos.

O que existe é marketing de um mecanismo que controla o seu pensamento.

Quando perguntarem por que a Giovanna saiu da Globo, responda: porque ela teve a coragem de se posicionar contra um lugar com zero por cento de comprometimento com a verdade, simples assim.

Texto: Giovanna MelJornalista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *